Aprendendo técnicas de e-commerce com a gigante Amazon

Olá pessoal! Hoje temos uma informação muito interessante sobre algumas técnicas que a Amazon vem utilizando para agregar cada vez mais valor e diferenciar-se no e-commerce mundial. Associado a isso veremos um pouco sobre a importância dessa postura associado ao sistema de Loja Virtual OpenCart, sistema de loja virtual base nos projetos de e-commerce desenvolvidos pela Brasil na Web.

Sobre a Amazon

A Amazon é ao mesmo tempo um canal de vendas, um prestador de serviços e uma ameaça competitiva. A empresa cresceu tanto nos últimos anos que já representa 19% da receita total em e-commerces nos Estados Unidos e se tornou referência mundial no setor de e-commerce. Nos últimos anos, evoluiu ao ponto de diminuir a força do Google, se tornando porta de entrada de 30% dos compradores on-line contra 13% que iniciaram suas pesquisas de compras no buscador. Como a Amazon alcançou esse patamar de crescimento? Quais as lições estratégicas pode nos ensinar?

Vários elementos chave levaram a Amazon a alcançar o seu faturamento bilionário:

– Agressiva expansão internacional: a empresa possui forte presença no Canadá, Alemanha, Reino Unido e vem lutando para conquistar mercado no Brasil, Rússia e China. Seu faturamento internacional corresponde a quase metade da sua receita;

(Ok, são poucas as empresas que efetivamente podem realizar investimentos deste porte.)

– Diversificação de produtos vendidos: quando começou, comercializava produtos de mídia, mas graças à diversificação de categorias nem metade da sua receita baseia-se nesses produtos;

(Aqui você já pode atuar, independente do seu tamanho, buscando sempre novidades e produtos diferenciados associados a serviços eficientes!)

– Foco em tecnologia: a Amazon sempre se posicionou como uma empresa de tecnologia, e, não como uma varejista, e seu alto investimento em gestão automática de e-commerce foi crucial para o seu crescimento;

(A OpenCart, sistema de loja virtual base para muitos clientes de e-commerce da Brasil na Web, possui mais de 3000 módulos super interessantes que podem contribuir para a evolução continua da sua loja virtual de forma rápida e econômica, uma vez que o desenvolvimento é em nível mundial com programadores ao redor do mundo, inclusive dentro da Brasil na Web).

Gestão automática de e-commerce – Atendimento

A Amazon eliminou todos seus gastos em publicidade desde 2003 para focar em frete grátis e excelência no atendimento. Graças ao seu investimento em novas funcionalidades que são testados repetidamente, a Amazon alcançou as melhores notas em pesquisas de satisfação com consumidores nos Estados Unidos desde 2000. A empresa construiu processos rigorosos focados na redução dos problemas dos clientes, auto serviço e redução dos erros.

(Para o pequeno e-commerce é complicado eliminar toda a publicidade online, afinal isso é parte vital do giro do negócio para muitos, mas a Amazon nos mostra com isso que é muito importante focar de fato na satisfação final do cliente em todas as etapas e se possível outras etapas além da entrega final no prazo! Pense nisso!)

Segundo Jeff Bezos, CEO da Amazon, eles desenvolveram softwares automatizados que buscam ocasiões para fornecer uma experiência ao cliente fora dos padrões. Por exemplo, como a empresa oferece garantia do menor preço, eles monitoram os concorrentes e de forma pró ativa recomendam que eles solicitem o reembolso de pré-encomendas em casos de diminuição do preço dos concorrentes.

(Estamos em constante contato também como empresas que pode implantar algorítimos avançados em sua Loja com OpenCart para criar navegações e ofertas mais personalizadas aos clientes, uma empresa que fazemos questão de mencionar a equipe da Zunnit, parceria em alguns projetos de inovação aqui na Rede Adok – Brasil na Web.)

Outro exemplo da excelência do atendimento da companhia é o uso de big data para resolver os problemas dos seus consumidores: com o uso de todos os dados existentes sobre o cliente na empresa (produtos comprados, produtos visualizados e interações com a loja) todos são tratados de forma ágil e personalizada, o que vai de encontro ao atendimento ao cliente que estamos acostumados.

Gestão automática de e-commerce – Marketing e Merchandising

A companhia criou ferramentas automatizadas para não depender de comerciantes e profissionais de Marketing. A empresa foi pioneira no uso de recomendações de produtos personalizados, bidding,  filtragem e classificação e também no envio de e-mails personalizados, tornando a experiência dos clientes no site muito mais direcionada.

A Amazon tornou automática a otimização de páginas para busca orgânica, o que deixa  seu processo mais rápido, assertivo e independente de terceiros. Para monitorar os preços aplicados pela concorrência, a empresa possui ainda ferramentas de precificação inteligente que ajustam automaticamente seus preços de acordo com as flutuações do mercado.

(Aqui vemos que SEO deve estar na raiz do e-commerce e ao utilizar OpenCart você estará seguindo vários parâmetros dessa grande diretriz, indispensável há um bom tempo para um e-commerce profissional e de sucesso. Associado a isso podemos informar também sobre a Precifica, uma empresa voltada a monitorar seus concorrentes e os preços dos seus produtos em relação a eles para lhe orientar a todo momento de forma a maximizar seus rendimentos. Vale a pena conferir também!)

Vale ressaltar que os processos de gestão automática de e-commerce da Amazon nem sempre foram perfeitos, mas o seu foco em dados é crucial para sua evolução. A empresa monitora a otimização nas taxas de abertura, taxas de cliques, aumento do ticket médio, receita por cliente e diversas variáveis para garantir que seu investimento em tecnologia tenha resultados diretos no seu faturamento. A companhia guia a evolução do setor de e-commmerce, o que a coloca como uma vitrine mundial de tecnologias e processos que irão aumentar a performance do varejo.

Neste panorama, convidamos você a conversar com nossa equipe sobre o seu e-commerce, se ainda não o faz, para entendermos juntos em que pontos é possível melhorar e onde é necessário investir primeiro. Pode ser que nem seja diretamente na plataforma em si! Utilize nosso know-how para agregar e conhecer ainda mais soluções para o seu e-commerce visando o sucesso e o rendimento que você espera dele.

Obrigado por mais essa leitura incremental e até a próxima!

Fonte do artigo original aqui.

CompartilharShare on Facebook0Tweet about this on TwitterShare on Google+0Email this to someone
Comments are closed.